Compaixão para transformar o mundo


Uma das frases que mais ouvimos atualmente é: "aonde vamos chegar com esse mundo desse jeito, com essas barbaridades que estamos vendo por todo lado? Ninguém tem paciência com nada". Ou seja, um nivel de intolerância inimaginável, não só por parte daqueles que cometem as atrocidades, bem como daqueles que querem "crucificar" os "pecadores"

Hoje 23/11/2017, o Sol começa sua trajetória pelo signo de Sagitário, o arquétipo da expansão de consciência (regido por Júpiter, o maior planeta do Sistema Solar e regente de 2018). O arqueiro aponta a sua flecha longe, é o buscador... que quando não vibra na alegria, no riso e no otimismo, cai no desafio da intolerância.

Numa das experiências mais desafiantes que se tem registro na trajetória humana pelo planeta Terra, um dos seres mais iluminados que passou por aqui disse algo mais ou menos assim "Pai perdoe-os, pois eles não sabem o que fazem". Esse é um exemplo de compaixão, talvez o maior que temos notícia, no nível dos deuses e que talvez a nossa personalidade medíocre não consiga perceber e aplicar o exemplo de Luz em sua caminhada.

Então eu cito uma experiência muito corriqueiro à maioria das pessoas "comuns" que tem o privilégio de ser pai ou mãe… se você não é pai ou mãe pode imaginar um sobrinho ou um bebê que esteja sob a sua responsabilidade, na reflexão a seguir.

Imagina que você e um bebê de 6 meses estão sozinhos em casa, você já deu o leite e o papinha dele. Em seguida você também precisa comer. Você faz algumas tentativas de colocar a comida no prato e não consegue, pois a criança dispara a chorar querendo atenção. Chega um momento, após as 14hs00 que você consegue começar, enquanto ele brinca. Mas assim que você coloca a primeira colher de comida na boca, aquele serzinho lindo cai no choro de novo. A ação automática dos pais costuma ser comer e segurar a criança simultaneamente.

Então, de repente, após sua distração ao comer e segura-lo ao mesmo tempo, ele bate a mão no seu prato e derrama tudo no chão. A comida que você esquentou no microondas era a última, estava pronta do dia anterior, o restaurante mais próximo já está fechado... enfim, qual seria a sua atitude?

a) Gritar com o bebê

b) Colocá-lo no berço ou carrinho para limpar as migalhas ao chão, pê da vida!

c) Ficar paralisado, sem saber o que fazer

d) Se abaixar com o bebê e comer/brincar com a comida no chão e até tirar uma foto hehehe

Agora reflita um pouco sobre qual seria a ação que você gostaria de executar...

Saindo da história do bebê e indo pra outras experiências cotidianas, como você reage ou como gostaria de reagir diante de tais situações:

1) Voce se distrai dirigindo, não dá seta e ouve alguém no carro do lado te chamar de fdp, mostrar o dedo pra você e ainda te segue ameacando bater no seu carro...

2. Você está na fila enorme do banco, chega alguém "corta" a fila e entra na sua frente, onde existe um amigo da pessoa.

3. Você na faixa de pedestres, vem um motorista quase te atropela e ainda te xinga.

4. Você chega numa repartição pública para solicitar um documento e falta uma comprovante necessário para dar prosseguimento, que um funcionário da própria instituição pública te disse que não precisava trazer.

A verdade é que somos todos crianças, alguns mais outros menos sonâmbulos (falta de consciência de si em cena) e quem acha que tem muita consciência reage mais violentamente ainda...

Vamos despertar para a autopercepacão e principalmente para a percepção de que ou outro pode estar dormindo...

Namaste

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Formulário para solicitação de consulta - em seguida

você receberá um contato para escolher dia e horário 

Grupo no Telegram

  • YouTube ícone social
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Black Circle
  • Grey Twitter Ícone
  • LinkedIn ícone social

As orientações, consultas e publicações não constituem diagnóstico ou indicação de tratamento médico/psicológico de qualquer natureza.

© 2011- 2020. Todos os direitos reservados a Saimagos Mentoria e Artes Divinatórias CNPJ 33.528.788/0001-62 

 Rua Leandro Dupret, 483 - Vila Clementino -SP - 04025-012  |  +55 11 966 906 266  | miguel@saimagos.com